Qual o Melhor Sistema de Segurança Residencial?

São diversas as tecnologias e equipamentos disponíveis no mercado para garantir a segurança e proteção da sua residência. No meio de tantas possibilidades fica difícil escolher a melhor opção em sistema de segurança residencial.

Para facilitar, nesse post trouxemos um guia completo para te ajudar a encontrar o melhor sistema de segurança residencial. Continue a leitura e confira.

 

A importância da adoção de sistemas de segurança residencial

O Brasil foi considerado um dos 10 países mais violentos do mundo e o segundo mais violento da América do Sul.

Como se isso já não fosse o suficiente, uma pesquisa aponta que as mortes violentas intencionais aumentaram 7,1% no país durante o período de pandemia.

Diante desse cenário, investir em um sistema de segurança residencial é essencial para garantir a proteção da família e do patrimônio.

Em um ambiente protegido as pessoas se sentem mais tranquilas e podem conviver com maior qualidade de vida e bem-estar.

 

Quais são os tipos de sistemas de segurança mais usados para residências

Existe diversos tipos de sistemas de segurança residencial, cada um é indicado para diferentes finalidades e ambientes. Conheça abaixo as opções mais utilizadas em residências.

 

CFTV

CFTV é a sigla para Circuito Fechado de Televisão. Esse sistema funciona por meio de câmeras que monitoram o ambiente desejado 24 horas por dia, que pode ser instalado tanto em áreas externas como internas.

O acesso as imagens e áudios captados pode ser feito em tempo real através de dispositivos móveis, tais como celulares e tabletes, necessitando apenas de conexão à internet.

Além disso, todos os dados gravados ficam armazenados para consultas futuras.

 

Cercas elétricas

Uma das principais mudanças que podemos notar nas residências ao longo dos anos é o aumento dos muros.

Porém, infelizmente, somente os muros altos não são mais um empecilho para ações de pessoas mal intencionadas.

Por esse motivo, como forma de dificultar ainda mais os atos criminosos, muitos moradores decidem colocar objetos cortantes nos muros e, principalmente, as cercas elétricas.

No entanto, é necessário contratar uma empresa qualificada para prestar esse serviço e que realize manutenções preventivas periodicamente. Isso porque os ladrões já são capazes de identificar quando a cerca está com defeitos ou desligada.

 

Controles de acesso

Os controles de acessos servem para limitar a entrada de pessoas em um espaço. Ele funciona por meio de diferentes tecnologias, tais como biometria, tags e senhas.

Desse modo, somente pessoas autorizadas consegue entrar no ambiente. Além disso, os controles de acesso podem ser instalados na portaria para controlar a circulação de carros no local, garantindo maior segurança.

 

Porteiro eletrônico

A portaria eletrônica é um excelente sistema de segurança residencial. Isso porque ele permite que você visualize quem está querendo entrar na sua casa sem precisar abrir a porta.

Com o crescente número de assaltos e sequestros, abrir a porta sem saber quem está do lado de fora esperando é uma péssima escolha.

Através dessa tecnologia você pode ver a pessoa por meio de câmeras e até mesmo conversar com ela remotamente, permitindo ou não o seu acesso na residência.

 

Olho mágico moderno

Além do porteiro eletrônico, é possível verificar quem está batendo na porta através de um olho mágico.

Porém, nós não estamos falando do modelo tradicional, em que é necessário chegar perto para enxergar.

O olho mágico moderno possui uma câmera que pode ser acessada através de dispositivos móveis, não havendo necessidade de ir até a porta para verificar quem é que está batendo.

 

Alarme residencial

O alarme residencial é ideal para proteger o seu patrimônio, tais como veículos, joias, eletrodomésticos e outros objetos de valor, como quadros e demais decorações.

O alarme possui um sensor que deverá ser colocado em um local estratégico dentro do ambiente. Quando pessoas não autorizadas tentarem invadir o espaço acionará a sirene, com isso a empresa de segurança será notificada, bem como o proprietário do imóvel.

 

Portão eletrônico automático

Sair do carro para abrir o portão da garagem da sua residência pode ser uma má ideia.

Isso porque os bandidos podem aproveitar dessa brecha para roubar o veículo ou até mesmo render os demais passageiros. Sendo assim, o portão eletrônico é um sistema de segurança residencial indispensável.

 

Dicas importantes para contratação do sistemas de segurança residencial

Comprar os equipamentos de proteção e tentar instalar por conta própria não é aconselhável.

Isso porque é necessário contar com o apoio de uma empresa de segurança para identificar quais são os locais estratégicos para colocar cada item. Assim, é possível posicionar as câmeras de modo que haja a menor quantidade de pontos cegos possíveis, por exemplo.

Além disso, a escolha dos sistemas de segurança residencial vai variar de acordo com o seu estilo de vida. Se você costuma viajar bastante, é recomendado que os equipamentos sejam mais completos.

Proteção e economia são palavras que não combinam. Antes de contratar uma empresa para fornecer os sistemas de segurança, avalie o preço praticado. Normalmente, o valor é correspondente a qualidade dos serviços, sendo assim, evite colocar sua família em risco.

Além disso, verifique o histórico da empresa, quais são os seus clientes, os equipamentos que utilizam e, principalmente, se fornecem manutenção rápida e revisões preventivas.

 

Boas práticas para manter a casa segura

Os sistemas de segurança residencial aumentam bastante a proteção da sua casa. No entanto, todas essas tecnologias e equipamentos são ineficazes se não houver alguns cuidados básicos.

Confira abaixo as melhores práticas para deixar a sua casa sempre segura.

1# Não deixe as luzes acesas quando for viajar:

As pessoas mais velhas acreditam que deixar as luzes de casa acesas quando vão viajar afasta os criminosos. No entanto, durante o dia as luzes ligadas denunciam que não há ninguém em casa, criando um alerta na mente dos mal intencionados.

Nos casos em que as viagens são frequentes, o recomendado é investir em luzes de fotocélulas que acendem no período da noite e desligam com a luz do dia.

 

2# Não avise os vizinhos sobre as viagens:

Muitas pessoas têm mania de comunicar os vizinhos que irão viajar. Entretanto, hoje em dia não se pode mais confiar em ninguém, pois mesmo que não haja intenção eles podem acabar contando para terceiros sobre a sua ausência, o que abre brechas para ações criminosas.

A melhor opção nesses casos é deixar um ‘caseiro’ para cuidar da residência. Quando isso não é possível, peça a parentes que visitem o local de vez em quando para buscar correspondências e verificar como estão as coisas.

Quando alguém está cuidando do ambiente há menores chances de invasões.

 

3# Cuidados com as chaves:

Outro hábito super comum dos brasileiros é esconder as chaves debaixo do tapete ou em algum vaso de planta.

No entanto isso não é novidade para os bandidos, evite guardar as chaves em qualquer local.

Além disso, outra recomendação é substituir o miolo da fechadura em caso de perda das chaves.

 

4# Telefone residencial:

Não é novidade que a mente criminosa é inteligente. Por isso, eles telefonam para a residência por várias vezes, e quando ninguém atende supõe-se que não há ninguém em casa.

Por esse motivo, quando for viajar tire o telefone da tomada se possível. Outra opção é transferir as chamadas residenciais para um o celular, alguns aparelhos permitem isso.

 

5# Cuidados com as janelas:

Se você possui janelas de correr, utilize um pedaço de madeira para impedir que ela abra, dificultando a ação dos criminosos. Em alguns casos, também é recomendado colocar grades nas janelas.

 

6# Ter um cão de guarda:

Ter um cão de guarda é uma excelente maneira de dissuadir os bandidos, além de ter um bicho de estimação para alegrar o ambiente quando você estiver em casa.

As raças mais recomendadas para essa tarefa são:

  • Dobermann;
  • Fila brasileiro;
  • Pastor-alemão;
  • Rottweiler;

No entanto, é preciso mencionar que qualquer cachorro é capaz de identificar ameaças no ambiente, até mesmo os que não possuem raça definida.

 

Considerações finais

Conforme você pôde ver ao longo do artigo, existem diversas opções de sistemas de segurança residencial. No entanto, somente essas tecnologias não são o suficiente para garantir a proteção da sua casa. É preciso manter os cuidados básicos para evitar a ação de criminosos.

A escolha dos equipamentos e tecnologias ideais vão variar de acordo com o seu estilo de vida.

Para definir o melhor local de instalação e quais são os sistemas recomendados para a sua residência, é importante contar com o apoio de um empresa especializada no assunto. Você sabia que a Alpha disponibiliza uma consultoria gratuita para identificar quais são as melhores opções para sua residência? Entre em contato conosco e fale com nosso consultor: (11) 3502-7200, se preferir, preencha o formulário que entraremos em contato.