As vantagens da Portaria Remota em Condomínios

A tecnologia está trazendo benefícios para diferentes setores e mercados. As facilidades proporcionadas por recursos modernos conquistam os consumidores a cada dia mais. O mesmo acontece com a Portaria Remota, que permite aprimorar os processos de segurança do condomínio, modernizá-lo e ainda reduzir custos.

Como as Portarias Remotas Funcionam?

Grande aliada da segurança em prédios e condomínios, a portaria remota monitora tão bem quanto o porteiro presencial por meio de um circuito de câmeras de alta tecnologia posicionadas estrategicamente, além de sistemas de sensores de presença e voz conectados a uma central de monitoramento.

A entrada dos moradores pode ser autorizada por meio de identificação por radiofrequência ou por controles ou sistema de biometria. E um sistema exclusivo também controla a circulação de veículos nas garagens.

No modelo de portaria remota, imagens captadas pelas câmeras são gravadas e registradas em um sistema que permite que o acesso das pessoas que circulam no condomínio seja rastreado.

As vantagens da portaria remota

Além de aprimorar a segurança do condomínio, há outras vantagens da portaria remota, confira quais são:

  1. Maior facilidade de gerenciamento: os modelos oferecem relatórios detalhados sobre toda a rotina diária do local permitindo um controle eficaz da circulação de pessoas no condomínio, com foco em horário de saída, número de visitantes, manutenções realizadas. Permitindo maior controle dos donos das unidades, inclusive, com acesso à relatórios.
  2. Redução de falha humana: como o trabalho de controle de fluxo de pessoas é realizada direto de uma central de operação, as ações são executadas por um grupo de profissionais que, inclusive, garante melhor tomada de decisão em situações de risco.
  3. Redução de custos: como a central administra várias portarias de uma só vez, as despesas com a folha de pagamento e encargos são eliminadas. A redução de gastos permite o investimento em outras áreas.

Para quais condomínios a portaria remota é indicada?

Hoje, a portaria remota é bastante adotada por pequenos e médios condomínios, além de pequenas empresas com baixo fluxo de pessoas.

Uma alternativa bastante comum é o sistema híbrido de portaria no qual os porteiros atuam durante o dia, por exemplo, e a noite quando há menor fluxo, entra o sistema remoto.

Os cuidados na hora de contratar

Contratar o serviço de portaria remota requer cuidados especiais. Esteja atento às dicas para evitar armadilhas:

  1. Contrato: é preciso atentar-se às cláusulas que devem ser claras e prever o formato e a saída para que a parceria seja duradoura.
  2. Internet: conheça de perto a tecnologia oferecida pela empresa de portaria remota e procure evitar empresas que deixam a responsabilidade da internet para o condomínio, lembrando que é a empresa que conhece a tecnologia necessária para garantir o funcionamento do serviço.
  3. Manutenção dos Portões: os equipamentos não podem falhar, pois colocam em risco a segurança dos moradores, além de prejudicar o fluxo de entrada e saída dos moradores. É importante que a empresa tenha estrutura para adotar medida de forma rápida e eficiente.
  4. Prefira as empresas com expertise em segurança, primeiro, porque os profissionais estão mais habilitados para a análise de risco e  a execução do sistema operacional, segundo, porque em caso de necessidade, como quebra de portão, elas já possuem profissionais de plantão suprir a demanda temporária.
  5. SLA: a empresa deve ter uma tabela clara com seus SLAs e deve constar a forma de aferição da multa, caso seja necessária.
  6. Procure empresas conveniadas a ABESE – Associação Brasileira das Empresas de Segurança Eletrônica. A Entidade tem um Comitê de Portaria Remota que atua efetivamente no desenvolvimento das regulamentações e das melhores práticas para o setor.

Ainda tem dúvidas? Confira esse texto e entenda tudo sobre portaria remota.